A Bori lança, nesta semana, o manual de cobertura jornalística “Explorando Pautas Alimentares”, produzido com apoio do Instituto Ibirapitanga. Dedicado a repórteres, editores, produtores e outros profissionais da imprensa, o documento reúne conceitos básicos sobre a área de sistemas alimentares e uma lista de ferramentas para ajudar o jornalista a otimizar apurações sobre o tema.

De acesso livre, o material foi desenhado a partir de informações compartilhadas por especialistas da Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Edimburgo e Universidade Federal da Paraíba (UFPB), nas duas imersões para jornalistas sobre o tema realizadas pela Bori em 2021. Na sua leitura, o jornalista descobrirá o que são sistemas alimentares, que reguladores podem afetar a produção de alimentos e que impactos o sistema alimentar hegemônico traz para a saúde humana e planetária. No final também está disponível uma lista de ferramentas para obtenção de dados sobre diversos pontos da trajetória que o alimento faz, do campo à mesa, incluindo as consequências de sua produção e consumo.

Esse é o primeiro manual da Bori sobre a cobertura de pautas alimentares e se une a outras três publicações da Agência baseadas em evidências científicas. Com o mesmo formato, o manual “Noticiando Vacinas” foi criado, em 2020, para respaldar a cobertura jornalística em vacinas, com apoio do Sabin Vaccine Institute. Jornalistas podem se cadastrar, gratuitamente, na Bori para receber estudos antecipados, artigos de opinião e outros materiais de apoio para subsidiarem suas pautas sobre alimentação.

Acesse o manual aqui.