COP26: nota sobre o acordo de florestas

O acordo sobre florestas, o primeiro compromisso assinado pela COP26, é um passo significativo na direção da mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Envolvendo mais de 100 países e 85% das florestas do mundo, a declaração reconhece a urgência de deter a perda e a degradação dos ecossistemas naturais e os incêndios que representam riscos crescentes para a conservação da natureza. Um componente crítico é apoiar os povos indígenas e comunidades locais em seus esforços de conservação e restauração, respeitando seus direitos a seus territórios.
As promessas incluem fundos públicos e privados, e as empresas e indústrias também estão comprometidas em eliminar o desmatamento de suas cadeias de suprimentos e processos de produção.
Os acordos para deter o desmatamento não foram muito bem-sucedidos no passado recente, mas mais países e fundos estão comprometidos desta vez. A rápida e eficaz implementação deste acordo é uma parte essencial das soluções para a emergência climática, ao mesmo tempo em que melhora os meios de subsistência, o bem-estar humano e a capacidade de resiliência aos impactos da mudança climática. Mais do que nunca, o compromisso e a responsabilidade dos signatários pode ser um ponto de inflexão para as crises climáticas e de biodiversidade.

Publicado por

Agência Bori

A Bori conecta o conhecimento produzido por cientistas brasileiros à imprensa de todo o país, disponibilizando estudos inéditos acompanhados de textos explicativos e do contato de um porta-voz do trabalho a jornalistas cadastrados Ver todos os posts de Agência Bori