Com o intuito de contribuir e qualificar o debate público sobre alimentação, especialmente em ano de eleição, a Bori e o Nexo Políticas Públicas lançam, neste mês, a série “Coletiva Bori & Nexo Políticas Públicas sobre sistemas alimentares”, exclusiva para jornalistas interessados no tema. A série, que tem o apoio do Instituto Ibirapitanga, trará especialistas de instituições de diversas regiões do país para conversar com a imprensa sobre temas-chave para as políticas públicas em alimentação — como o aumento da fome, consumo de ultraprocessados e o uso de agrotóxicos.

Ao todo, serão cinco coletivas que acontecerão de maio a outubro de 2022, de forma on-line — com 40 vagas exclusivas em cada encontro para jornalistas cadastrados na Bori. A ideia é que os encontros ajudem a imprensa a pautar o debate público sobre alimentação e políticas públicas, de olho também nas eleições deste ano. Em sessões de 1h30, os especialistas convidados irão explicar os desafios associados aos principais temas desse campo, assim como, irão apresentar dados, evidências e estratégias para o enfrentamento de questões como o combate à fome e ações para promover sistemas alimentares mais saudáveis e resilientes às mudanças climáticas. Os jornalistas participantes também receberão, antecipadamente, materiais de apoio para a cobertura do tema de cada coletiva.

Para se inscrever, é necessário se cadastrar na Bori como jornalista e completar o formulário de inscrição da respectiva coletiva (links abaixo).

 

Programação

25/05, 19h – Ultraprocessados e efeitos na saúde pública, com Patrícia Jaime (Faculdade de Saúde Pública/USP) Inscrições aqui

29/06, 10h – Mapa da Fome e Direito humano à alimentação, com Sandra Maria Chaves (UFBA/Rede Penssan) Inscrições aqui

27/07, 10h – Emergência climática e produção de alimentos, com Luís Fernando Guedes Pinto (SOS Mata Atlântica) Inscrições aqui

31/08, 10h – Políticas Públicas para a Segurança Alimentar, com Islandia Bezerra (UFAL) Inscrições aqui

5/10, 19h – Agrotóxicos e alimentos, com Renato Zanella (UFSM) Inscrições aqui

 


Quem são os especialistas

 

Patrícia Jaime é professora titular do Departamento de Nutrição, vice-diretora da Faculdade de Saúde Pública da USP e vice-coordenadora científica do Nupens-USP (Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da USP). É mestre e doutora em Saúde Pública pela USP, com estágio de pós-doutorado no Nupens-USP e na London School of Hygiene and Tropical Medicine.

Sandra Maria Chaves é nutricionista, doutora em Administração Pública e professora da Escola de Nutrição da UFBA. Vice-coordenadora da Rede PENSSAN. Atua em ensino de graduação e pós-graduação, pesquisa e extensão na área da saúde coletiva e da segurança alimentar e nutricional e avaliação de políticas públicas de saúde, alimentação e nutrição e SAN.

Luís Fernando Guedes Pinto é diretor de conhecimento da SOS Mata Atlântica, engenheiro agrônomo e Doutor em Agronomia pela Esalq-USP.  Tem trabalhado há 20 anos com estudos, diálogos e soluções para a sustentabilidade da agropecuária brasileira e conservação das florestas.

Islandia Bezerra é pesquisadora e professora associada da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Educadora na Escola Latino Americana de Agroecologia/ELAA, nutricionista, mestre e doutora em Ciências Sociais/UFRN, é atualmente Presidenta da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA).

Renato Zanella é doutor pela Dortmund Universität (Alemanha), professor titular da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), coordenador do Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas (LARP) e do Centro de Pesquisa em Cromatografia e Espectrometria de Massas. Atual presidente da Red de Análises de La Calidad Ambiental em América Latina e membro do Comitê da International Association of Environmental Analytical Chemistry.