Para introduzir jornalistas ao conceito e às questões contemporâneas sobre sistemas alimentares, a Agência Bori realizou, nos dias 29 e 30 de setembro de 2021, seu primeiro curso sobre o tema para profissionais da imprensa que cobrem ciência, saúde, bem-estar e áreas correlatas.

Intitulado “Explorando pautas alimentares”, o curso trouxe palestras e bate-papos sobre a estrutura e os impactos dos sistemas alimentares hoje vigentes. O programa teve apoio do Instituto Ibirapitanga.

Nesta primeira edição, a Bori recebeu 27 jornalistas de todas as regiões do país e de uma diversidade de veículos: estiveram presentes profissionais de grandes grupos de comunicação (como Rede Globo, Folha de S. Paulo e UOL), da imprensa local (como Zero Hora e Gazeta do Povo) e de veículos especializados (como a Articulação Semiárido Brasileiro e a newsletter Fogo Baixo).

Um dos pilares da Bori e ponto crucial no processo seletivo, a diversidade potencializou as interações entre participantes e palestrantes, gerando discussões ricas e fortalecendo a comunidade de jornalistas da agência.

A programação incluiu uma palestra sobre o conceito e a importância dos sistemas alimentares (Josefa Garzillo/USP), uma mesa de discussão sobre a Cúpula de Sistemas Alimentares da ONU (Ana Paula Bortoletto/Cátedra Josué de Castro e Janine Giuberti/Idec), um bate-papo sobre impactos dos sistemas na saúde humana e planetária (Aline Carvalho/USP e Jacqueline Silva/Universidade de Edimburgo) e uma palestra sobre responsabilidade corporativa socioambiental (Manuela Santos/FGVces).

A agenda permitiu aos participantes entender e desenvolver uma visão crítica sobre os sistemas alimentares, desde a produção até o consumo de alimentos. “Ter uma noção mais sistêmica dos processos de produção, processamento, distribuição e consumo dos alimentos é essencial para desenvolver reportagens mais amplas. É uma forma de oferecer ao leitor uma perspectiva  mais completa dos impactos dos sistemas alimentares”, diz Murilo Bomfim, coordenador da área de sistemas alimentares da Bori.

“Explorando pautas alimentares” já tem uma segunda edição prevista entre novembro e dezembro de 2021. Para participar da seleção, é preciso estar cadastrado como jornalista na Bori. Fique de olho no site e redes sociais da agência, onde serão anunciadas as datas de inscrição.

 

A opinião dos participantes

“A seleção de jornalistas participantes foi bastante diversa e a forma com que as palestrantes fizeram suas exposições esteve bastante acessível.” Flávia Schiochet (Newsletter “Fogo Baixo”)

“O conteúdo trazido pelas professoras foi muito rico, especialmente porque o curso contou com um grande público formado por jornalistas de veículos de grande circulação, que puderam ter contato com uma diversidade de assuntos, alguns, inclusive pouco explorados na grande mídia.” Adriana Amâncio (Articulação Semiárido Brasileiro)

“O que mais me chamou atenção foram as palestras sobre os sistemas alimentares e sua relação com o meio ambiente.” Ana Dorneles (Rede Globo)

“Destaco as relações entre alimentação e saúde, com dados e índices que eu não conhecia. Além disso, palestrantes sugeriram e disponibilizaram boas ferramentas para apuração.” Natalie Vanz (Folha de S. Paulo)