A Agência Bori lançou, na quarta (1), seu primeiro programa de mentoria jornalística para a cobertura do tema vacinas, o InfoVacina. O programa vai acompanhar e oferecer apoio ao longo de quatro meses a 20 jornalistas de todas as regiões do Brasil interessados em contar boas histórias sobre vacinas, entre elas, a da Covid-19.

A partir de outubro de 2021, os selecionados participarão de sessões fechadas quinzenais com especialistas renomados e sessões especiais de mentoria de dados e médica para desenvolver e aprofundar pautas sobre o tema. As sessões com especialistas trarão temas “quentes” sobre vacinas, demandados pelos jornalistas participantes, e também considerados necessários de estarem na agenda da imprensa.

A ideia, com o InfoVacina, também é formar uma rede entre jornalistas para a troca de informações sobre vacinas e sobre as dificuldades de cobrir o tema.

Mentoria com especialistas

A mentoria de dados ficará a cargo de Marcelo Soares, jornalista de dados e fundador da Lagom Data. Pioneiro no jornalismo de dados no Brasil, atuando com o tema desde a década de 1990, Soares utilizará sua experiência na área para orientar os vinte jornalistas do InfoVacina a utilizarem as potencialidades de bases de dados para produzirem pautas densas, aprofundadas e criativas.

O imunologista e pesquisador da USP, Gustavo Cabral, será o mentor médico do programa e ajudará os jornalistas a interpretar as últimas atualizações sobre vacinas de Covid-19 e outras campanhas de imunização.

Denise Garrett, médica epidemiologista e vice-presidente da Sabin Vaccine Institute, atuará como consultora do programa. Com vinte e três anos de experiência no Center for Disease Control and Prevention (CDC), dos Estados Unidos, em projetos de controle de doenças infecciosas, Denise tornou-se uma voz expoente para falar sobre estratégias de controle da Covid-19  na imprensa e nas redes sociais.

 

Prêmio para reportagens inovadoras

Ao final do programa, os jornalistas participantes concorrerão ao Prêmio InfoVacina, que concederá até R$10 mil a reportagens com perspectivas inovadoras sobre vacinas desenvolvidas ao longo dos quatro meses da rede. A ideia é fomentar narrativas e perspectivas originais sobre o tema, que levem informação de qualidade para a sociedade brasileira.

 

O InfoVacina é a segunda grande ação de apoio à cobertura de vacinas da Agência Bori, com apoio do Sabin Vaccine Institute e apoio institucional do Instituto Serrapilheira. Em 2020, a Bori realizou o curso Noticiando Vacinas para 50 jornalistas de todas as regiões do Brasil, de veículos de comunicação como os jornais O Globo, Estadão, O Povo, Correio Braziliense, El País, site Vocativo, Brasil de Fato Bahia e outros. O curso que deu origem ao Manual Noticiando Vacinas, com informações básicas sobre o tema para jornalistas.